fbpx

Regras Básicas do Atendimento

Já falamos em outros textos que a psicanálise tem a sua particularidade, em relação às outras abordagens terapêuticas. No de hoje destacarei as regras básicas do atendimento psicanalítico. São elas que conduzem o trabalho profissional e direcionam a atuação no setting.

Vamos à elas:

  • Livre associação de ideias: aqui o princípio básico da análise- e o mais desafiador: a capacidade de oportunizar um espaço de liberdade e de livre expressão de si mesmo. Liberdade esta que, provavelmente, o analisando jamais vivenciou em sua vida. E é justamente dela, que os conteúdos inconscientes podem vir à serem expressos.
  • Abstinência de opinar: opinar, sugerir ou direcionar, na concepção psicanalítica, é reforçar ainda mais o sintoma, e afastar o indivíduo dos seus conteúdos. Análise é o espaço de encontro – do analisando com ele mesmo. As respostas (se é que existem), precisam vir dele próprio.
  • Neutralidade: enquanto psicanalistas, necessitamos exercitar a neutralidade. Não estamos ali para “dogmatizar” ou instruir. Muito pelo contrário. Análise é escuta de si mesmo. As intervenções do psicanalista são pontuais e quando ocorrem, têm um objetivo claro: aprofundar ainda mais as reflexões da qual o analisando se aproxima.
  • Atenção Flutuante: o psicanalista precisa estar atento. Atento às palavras, ao silêncio, ao que não foi dito e ao que é evitado. O analisando irá se defender- inconscientemente- daquilo que lhe faz sofrer. Nosso papel, enquanto psicanalistas, é “tocar” justamente nestes conteúdos, pois só liberando-os é que os sintomas irão reduzir.
  • Amor a verdade: entenda “amor” como um “querer sem condição”. Na psicanálise, amor está relacionado a capacidade de aceitação, por parte do analista, do conteúdo que virá, indiferente de qual seja. Lembre-se sempre: o setting analítico é o encontro do analisando com ele mesmo. Estamos ali para escutar, provocar e pontuar – devolvendo à ele as reflexões. E não existe amor maior do que a escuta!

De maneira muito resumida, estas são as regras que se fazem presentes na clínica psicanalítica. Se você quiser saber mais sobre elas, convido a visitarem o canal do youtube da EPC. Neste Link, a Professora Carina Camacho detalha este conteúdo: https://www.youtube.com/watch?v=l2rnYgS6Hh8&t=3s

Fabricio Tavares – Psicanalista
Instagram e facebook: @fabriciotavarespsicanalista
(41) 999201774

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *