fbpx

Liberdade

Quer assustar uma pessoa? Diga a ela:

– Você é livre! E agora o que escolhe fazer?

Prepare-se para alguns minutos de silêncio e uma resposta insegura.

O medo da liberdade é tão sufocador quanto a prisão -motivo de inúmeras reclamações.

A liberdade em questão não é sobre o direito de ir e vir, é liberdade emocional, libertar-se da prisão mental.

Liberdade palavra bonita, todos falam sobre ela, cheia de significado, mas o que é de fato ser emocionalmente livre?

Liberdade emocional é agir, decidir os próprios caminhos- no pensar, no sentir e no transmitir dos afetos. É terautonomia e independência no campo emocional.

Ser livre e emocionalmente mais saudável significa: VOCÊ ESTÁ PREPARADO/A?

– Não ser mais dependente de conselhos, direcionamentos e opiniões.

E mais:

Aceitar as responsabilidades de ser livre, não prejudicar o outro, falar sobre os ressentimentos, pensar sobre a dor, respeitar a tristeza, perdoar, amar, alegrar-se.

Viver a vida na totalidade, sem edição de corte ou filtros.

Ser personagem ativo na vida, livrar-se do vitimismo, e assumir a parcela da culpa (no final culpar o outro é apenas uma necessidade de tornar suportável o insuportável).

Atualmente falamos muito em autoconhecimento. Mais do que poético, é um caminho difícil e doloroso, porém, extremamente gratificante.

Na psicanálise o autoconhecimento é rever sua história, falar sobre ela e estar no lugar de fala. Este processo, não apaga o que aconteceu, porém, muda as percepções acerca dos fatos, acontecimentos e pessoas que passaram por você ao longo da vida.

Independentemente de serem boas ou más experiências, vivenciar o processo analítico (escutar-se) permite um reposicionamento de como o passado é visto, como o presente é vivenciado, e de se pensar no futuro como parte de viver, não como uma fuga do passado ou do presente.

“Dentro de mim morreram muitos tigres. Os que ficaram, no entanto, são livres “(Lau Siqueira).

E aí você quer ser livre ou a prisão está confortável?

Carina Fernandes Camacho.
Instagram: @carina.camacho_psicanalista
WhatsApp: (15) 98583011

2 Comments

  1. Terezinha

    Bonito texto para refletir.

  2. Cristiano Paim

    Que texto maravilhoso!

    Realmente, a liberdade pesa, nos tira da zona de conforto e nos traz a responsabilidade. E assumir a responsabilidade é um fardo que muitas vezes não estamos dispostos a carregar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *